domingo, 23 de novembro de 2008

Entrega.

A tarde vibrou ao ouvir
Sua voz reforçando
O sonho que juntos
Ousamos sentir.
E volto às suas mãos
Com sua lembrança
Retorno a cultuar
A fundamental esperança
De ao teu fascínio
Meu corpo
Outra vez entregar.

2 comentários:

Celamar Maione disse...

É muito bom viver um sonho a dois.
Linda semana !
Grande beijo, Evelyne.

Evelyne Furtado disse...

É bom mesmo, Cel, mesmo quando acordamos só. Beijão, amiga!