sábado, 10 de maio de 2008

ALMA NUA.

Não esconda seu sorriso
Atrás dessa expressão blasé
A alegria é bem melhor
E eu já ri com você

Não tema seus sentimentos
A escolha é sua:
É só evitar novos ferimentos.

A noite é sua moradia
Nela você se inspira
Mas o sol tem sua magia.

Mescle sol e lua
Na nova composição
E cante sem preconceitos
A sua alma nua.

4 comentários:

AnadoCastelo disse...

Uau, belos versos, quem me dera escrever assim.
Beijinhos

Evelyne Furtado disse...

Quanta generosidade, Ana!
O crédito vai para quem me inspirou, rs.
Beijos

Capitão-Mor disse...

Expressão blasé?! Essa palavra é demasiadamente familiar para mim... :)
Há alguma coisa mais magnânime que a noite onde todos os gatos são pardos?

Evelyne Furtado disse...

Gostei da sua defesa da noite e dos gatos, que nela são todos pardos, Capitão ...:) Mas respeite meu poema, pq eu gostei dele, viu?
Abraço virótico ( de longe)