terça-feira, 4 de novembro de 2008

A Tarde em Apogeu.


A tarde passa pelas minhas costas com o vento de quase verão trazendo paz e esperança. A tarde é azul como alguns dos meus escritos. A tarde, nessa costa do Atlântico, é morna, porém arejada, provocando ótimas sensações. É a tarde em seu apogeu que recebo ao olhar o céu que nos cobre.

2 comentários:

AnadoCastelo disse...

Olá Evy,
Já comentei este post no Recantro das Letras, mas queria pedir um favor, quando comentei o post Ana do Castelo sem querer saiu duas vezes, será que poderia apagar um? Obrigado querida e desfrute esta sua cidade sempre com muita alegria. Beijinhos

Evelyne Furtado disse...

Oi, Aninha!
Já lhe vi lá, mais uma vez obrigada, amiga. Apaguei o comentário extra no texto feito para você.
Beijãoooooo