quarta-feira, 23 de abril de 2008

Banho de Chuva.


O calor se fez àgua
E a chuva caiu com intensidade
Inesperada
Ensopando meus pés
Molhando meu corpo
Arrastando medos, incertezas.
Lavando a minha alma inteira,

2 comentários:

AnadoCastelo disse...

Faço ideia, com esse calor e a chover é mesmo para tomar banho a dobrar.
Beijinhos

Evelyne Furtado disse...

Foi um banho poético, mas me fez bem!
Beijos