sexta-feira, 28 de março de 2008

O Céu por Testemunha.

Fim de tarde
Céu de chumbo,
Cor esquisita!
Gosto do céu azul
E das noites douradas
Sonho com o céu estrelado
E daí?
O mundo não foi feito só para mim.
Hei de suportar cores que não gosto
Como às dores que a mim maltratam
Amadureço aceitando o céu cinzento
Mas sem perder a esperança de rever
O luar em noite de amor
E o brilho de um olhar estrelado
Beijando meus olhos
Que se abrem para recebê-lo
Em doçura, desejo e fervor.

Evelyne Furtado
Publicado no Recanto das Letras em 28/03/2008
Código do texto: T920901

2 comentários:

AnadoCastelo disse...

Quem me dera ter jeitinho para escrever assim. Amei.
Beijinhos

Evelyne Furtado disse...

Ana, mas vc escreve sim.Além de ser uma adorável leitora.
Bjs