segunda-feira, 11 de fevereiro de 2008

Da PAIXÃO e do AMOR

A paixão requer alvoroço
Na mente e no corpo
Pensamentos em confusão
Pele e nervos em curto-circuito
Tem por guia a pura emoção
Há risos sem nenhum motivo
E o pranto provoca inundação.
Saudade é penitência.
Ciúme é surra de açoite
Sangrando a carne a cada provocação.

O amor requer candura
Terna atenção ao amado
Que é cúmplice na cama e na reza.
Pois os amantes só almejam
O Sol para iluminar seus dias
E a Lua para adornar seus corações.
O amor não provoca dor
O amor só vive de amor.
Quem ama não abandona.
Quem ama arde, goza e acolhe.

3 comentários:

RASCUNHOS -Yasmine Lemos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
RASCUNHOS -Yasmine Lemos disse...

"...Quem ama não abandona..."

verdade pura.
bj

Evelyne Furtado disse...

Obrigada pela visita, Yasmim! Beijos